Tendências estéticas e conceituais para o design de 2011 – IV


Boa tarde,

segue o quarto post com o titulo ” Tendências estéticas e conceituais para o design de 2011″

Seguindo a preocupação ambiental; o design ecológico viverá uma de suas melhores fases. Arquiteturas, formas, produtos e materiais renováveis que exploram a natureza de maneira positiva serão trabalhados ilustrando que o espaço verde pode co-existir com a vida urbana das cidades modernas. No evento denominado TreeLife grandes nomes da arquitetura, arte e design modernos internacionais serão reunidos a fim de analisar as “casas na árvore” e integração entre esses ambientes distintos.


Cinemas ao ar livre, com telas e fones que funcionam através da tecnologia wireless ganharão espaço em grandes cidades. O cuidado com o meio-ambiente impulsionará o uso de bicicletas e transportes alternativos. O patins promete ganhar mais adeptos, e os criadores estão atentos procurando inovar nas características estéticas de ambos. Para a bike pontos estratégicos disponibilizarão o meio de transporte gratuitamente para a população se locomover com tranqüilidade de forma ecologicamente pura e correta.


Uma maior atenção com o público infantil também se firma como tendência para 2011. Investindo em ambientes criativos que permitam que as crianças brinquem e explorem melhor o mundo ao seu redor, designers apostam na criação de parques e brinquedos mais atrativos para praças, lojas e shoppings. Coloridos e pra lá de criativos, esses playgrounds não só divertem os pequenos, mas incentivam a socialização e desligam um pouco o lazer infantil do mundo tecnológico de vídeo-games e computadores.

 

Um grande montante é gasto para satisfazer os adultos; a sociedade está prestes a começar a repensar suas atitudes e priorizar aqueles que representam o nosso futuro. Em ambientes desenvolvidos com carinho, as crianças podem descobrir habilidades e talentos, construir confiança e crescer com ideais que respeitem e contribuam para a melhoria da qualidade de vida de suas comunidades. Por isso, a linha do design infantil merece e promete receber tanto destaque!

Para os espaços interiores a tendência minimalista e o clássico contemporâneo são as grandes apostas. Quando a economia, finalmente, estará se estabilizando, ostentação e luxo serão atitudes impróprias. A modernidade será evidenciada com muita cor e ao mesmo tempo o uso de muito branco. O desenvolvimento de produtos práticos e multifuncionais tende a crescer, principalmente, para atender a uma demanda que preza por espaço. Peças de mobiliário tendem a ser cada vez mais modulares.


Vale realçar também o uso do LED para diferentes funções. Uma das novidades já apresentadas é o corrimão que conta com essa tecnologia e passa a ser não só útil e decorativo, mas também serve como guia físico e visual no escuro.

Assim, vemos que tudo que já foi apresentado como tendência para 2011 dá seguimento às apostas atuais e de 2010. Buscar pela simplicidade visual, materiais sustentáveis e ao mesmo tempo trabalhar de forma inovadora continuam sendo as linhas-guia para obter sucesso em designs futuros!

Fonte: O design 2011

Obrigado

Henrique Praxedes

Anúncios

2 comentários sobre “Tendências estéticas e conceituais para o design de 2011 – IV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s