O design da emoção


Os espaço se transformam em lugares, criados com o que é autêntico, não a cópia falsa de algo dissociado da emoção, do real e da alma do Cliente.

Por Ricardo J. Botelho

Estamos vivendo momentos de profundas alterações nos hábitos e desejos de consumo das pessoas. A tecnologia (Google, Wikipedia e outras ferramentas) mudou para sempre a compreensão dos clientes sobre tudo (e todos).

Nesse novo contexto é preciso repensar o papel do Arquiteto e do Designer de Interiores e sua relação com o Homem. Entre conosco nessa reflexão. Clocaremos em foco o conceito de espaço x lugar.

No novo tempo (que já é hoje) os espaços deixam de ser espaços e se transformam em lugares. Espaço é impessoal. Lugar é DNA. Espaço é genérico. Lugar é especifico. Espaço é conceito. Lugar é vida, real.

A Arquitetura nasce de dentro para fora e emociona pela valorização do ser humano como elemento-chave de todo o processo criativo. Os Arquitetos e os Designers de Interiores precisam ser ainda mais reconhecidos como criadores do que é autêntico, não da cópia falsa de algo dissociado da emoção, do real e da alma do Cliente.

Ames Hotel -Boston, MA

A linguagem teatral – dramática – impregna a criação e dá ao projeto a percepção de que coisas mágicas podem acontecer ali, naquele lugar. Coisas repletas de emoção, felicidade e novas experiências. Casas, restaurantes, hotéis, lojas ou lan houses. Não importa o ambiente. Todos eles exigem essa dramaticidade na sua concepção.

O projeto agora “fala e grita” a essência de uma família, de um grupo, de pessoas incomuns que freqüentam aquele lugar. Autenticidade é a palavra-chave para aquele que quer se destacar nesse universo de milhares e milhares de Arquitetos e Designers de Interiores que buscam sobreviver de forma contínua com sua atividade.

JetBlue Terminal – New York, NY

É tempo de refletir sobre o quanto estamos a reboque do se convencionou chamar de tendência e o quanto nos dedicamos a buscar uma identidade para cada projeto, livre de rótulos e sem que sejam utilizadas soluções desgastadas e repetidas.

O preço pago pelos Clientes para o projeto é proporcional à sua capacidade de conceber essa Arquitetura/Design de Interiores cheia de elementos de dramaticidade e que, acima de tudo, surpreendam.

Imagens e texto inspirado no trabalho do Arquiteto David Rockwell

Fonte: ADForum

Obrigado

Henrique Praxedes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s